sábado, 6 de dezembro de 2008

Divino Vinho

A colheita da uva - Pintura de Vicente P.

A literatura do vinho nos deixa em dúvida para certificarmos a sua origem com precisão, principalmente onde nasceu, criou-se e quais foram seus inventores. Há relatos históricos diversos, o bastante para confundirmos.


"Fósseis de videiras foram encontrados por arqueólogos datando cerca de 50 milhões de anos, na zona que corresponde à Groelândia, Europa Central, América do Norte e Japão."
"A História do Vinho vai bem além dos nossos conhecimentos. Os primeiros testemunhos de sua antiguidade conhecidos hoje datam de 6000 anos a.C. (Era Neolítica) em região próxima ao Egito. Foram encontrados diversos indícios que comprovam que os habitantes (não os nômades) daquela região consumiam e armazenavam vinho."
"Os egípcios, cerca de 2000 a.C, foram os primeiros a industrializar o vinho. Faraós e seus familiares levavam para os seus túmulos escravos e jarras de vinho para o pós morte. Foram encontrados jarros com hieróglifos determinando a origem do vinho, contendo muitas vezes o nome do faraó (o que determina um período) a região e produtor."
"A realidade vínica, no entanto, se aproxima mais de nossa experiência de vida com a expansão da dominação grega iniciada 1000 a.C. Foi então que o vinho chegou pela primeira vez nos países nos quais se estabeleceria seu autêntico lar: Itália e França."
Na Turquia, em Damasco, na Síria, no Líbano e na Jordânia, onde foi encontrada semente de uva da idade da pedra cerca de 8000 anos a.C., mas foi na Geórgia (Rússia) que descobriram as sementes de uva mais antigas, e foram datadas por marcação de carbono por volta de 7000-5000 a.C.
Os Egípcios foram os primeiros a registrar os detalhes da vinificação em suas pinturas, mas eles não foram os primeiros a fabricar o vinho.
Existiram lendas de onde começou a produção do vinho, uma delas está escrito no velho testamento, no capítulo 9 de Gênesis, sobre Noé que, depois de retirar os animais, plantou um vinhedo, fez o vinho, bebeu e se embriagou.
Embora envolto em muitas dúvidas e mitos, pensa-se que a vinha tenha sido cultivada pela primeira vez em terras da Península Ibérica (vale do Tejo e Sado), cerca de 2000 anos a.C. pelos Tartessos, dos mais antigos habitantes desta Península, cuja civilização parece ter sido bem avançada.
No século VII a.C. os Gregos instalaram-se na Península Ibérica e desenvolveram a vinicultura, dando uma particular atenção à arte de fazer vinho. Na necrópole de Alcácer do Sal foi encontrada uma "cratera" grega de sino, vaso onde os gregos diluíam o vinho com água antes de o consumirem.

Fonte: http://www.pousadadascores.com.br/culinaria/vinho/historia_vinho.htm

2 comentários:

smurf (curitiba) disse...

Olá,
Meu nome é Rodrigo D’Avila, 31 anos, vice-presidente da Vidigal Wines, produtor/engarrafador de vinhos de qualidade em Portugal. Brasileiro da gema, nascido em Porto Alegre, criado em Curitiba.
Nossa empresa quebrou todos os paradigmas na produção de vinho, sendo até hoje a única empresa Luso/Brasileira a conseguir ter seus vinhos como número 1 do mundo em dois grandes mercados internacionais, nos quais continua em primeiro há cinco anos.
Com 32 marcas, 5.000.000 garrafas/ano e distribuição em 22 países, somos talvez os brasileiros mais desconhecidos do Brasil. Uma história com o vinho de determinação, modernização e responsabilidade, nunca contada.
Gostariam de saber mais?

vinhos do mundo disse...

Visualizei o seu blog e achei muito interessante... Parabens

Gostaria de lhe pedir se poderia colocar o link do meu blog no seu site: http://osvinhosdomundo.blogspot.com/

Pode ser??

Quando colocar envie um mail para aqui: pedeguide@hotmail.com

Abraços